Listas | 6 mangás para quem quer começar a ler

Com uma infinidade de títulos, conheça algumas obras incríveis do gênero.

Os mangás, nome dado as histórias em quadrinhos japonesas, são conhecidos principalmente pelos seus desenhos em preto e branco e sua forma de leitura, feita da direita para a esquerda.

Há histórias que agradam a todos os gostos, e pensando nisso, a lista abaixo está recheada de obras para você dar uma chance e mergulhar de cabeça nesse universo!

Aot-1
Foto: Reprodução
  • Attack on Titan

Também conhecida como “Shingeki no Kyojin”, a obra é ambientada em um mundo onde a humanidade é obrigada a se refugiar dentro de muralhas para se proteger dos titãs, gigantes devoradores de homens que ameaçam sua extinção. O protagonista, Eren Yeager, juntamente de sua irmã adotiva Mikasa Ackerman e seu amigo de infância Armin Arlet, deseja destruir esses seres a todo custo, por isso, os três acabam se juntando a Divisão de Reconhecimento, um grupo de soldados de elite que lutam contra os monstros fora das muralhas.

De início, tudo parece bem simples e raso. Personagens frustrados com a vida que levam (o que é totalmente compreensivo), e que buscam vingança e a paz que eles tanto merecem. Mas, quanto mais a leitura dos capítulos avança, plot twists acontecem e segredos sobre o mundo em que vivem são revelados, deixando a história cada vez mais interessante.

A obra do premiado mangaká Hajime Isayama foi publicada entre 2009 e 2021, com o total de 139 capítulos compilados em 34 volumes, todos já lançados no Brasil pela editora Panini.


Jojo
Foto: Reprodução
  • Jojo’s Bizarre Adventure

Essa “aventura bizarra”, como o próprio nome já diz, conta a história da linhagem grandiosa da família Joestar ao longo das décadas, onde combatem seres sobrenaturais, tais como Dio Brando, um vampiro semi-imortal e o maior antagonista da obra.

Com um traço único e exótico, principalmente pelo excesso de sombras, seu autor, Hirohiko Araki, se mostra um verdadeiro fã de moda e do rock ocidental. São diversas referências a bandas, roupas, modelos e poses, sem contar que cada membro da linhagem tem seu próprio arco, fazendo com que as oito partes completas do mangá possuam um caráter bem original.

Em fevereiro desse ano, a mais nova saga da obra, intitulada “The JojoLands”, começou a ser publicada no Japão, dando início a nona parte. No Brasil, a editora Panini detém os direitos apenas das cinco primeiras partes, sendo elas: “Phantom Blood”, “Battle Tendency”, “Stardust Crusaders”, “Diamond is Unbreakable” e “Golden Wind”.


Monster_guillermo-del-toro
Foto: Reprodução
  • Monster

Kenzo Tenma é um excelente neurocirurgião, motivo esse que o fez se tornar o favorito do hospital onde trabalha, sempre sendo chamado para realizar cirurgias em pessoas importantes. Certo dia, ele decide ir contra as regras dos seus superiores, salvando uma criança baleada ao invés do prefeito da cidade. Mal sabia ele que tal ato resultaria no fim de sua carreira promissora e no “nascimento” de um sociopata psicótico.

Essa é, definitivamente, uma leitura obrigatória para quem curte um suspense bem escrito. Iniciada por um trecho do livro bíblico do Apocalipse (13:1-4), onde se refere a chegada do Anticristo, a narrativa envolve o leitor do início ao fim, sem contar com a complexidade na qual os personagens são desenvolvidos, que abrem debates para temas como valores morais, culpa e ética.

Escrito e ilustrado pelo genioso Naoki Urasawa, o mangá teve seus 162 capítulos publicados em 18 volumes na primeira edição lançada no Brasil. Na segunda, a obra foi lançada em uma edição de colecionador, compilada em 9 volumes, que será reimpressa ao longo de 2023 pela editora Panini.


Nana-2
Foto: Reprodução
  • Nana

Duas garotas que, coincidentemente, tem o mesmo nome e idade, se esbarram em um trem rumo a Tóquio. Enquanto uma está indo ao encontro de seu namorado e de arrumar um emprego, a outra deseja fama e sucesso no mundo da música. Mesmo com personalidades totalmente diferentes, as duas se tornam amigas e passam a viver juntas no apartamento 707, onde criarão muitas memórias.

Esse já pode ser considerado um mangá clássico dos anos 2000 e continua relevante até hoje. A história foca na independência das protagonistas e nos vínculos que elas criam pelo caminho, sejam eles saudáveis ou não. É difícil não se identificar com alguma das Nana’s em seus 84 capítulos, já que elas estão passando pela temida “crise dos 20 e poucos anos”, aquele limbo entre o término da adolescência e o começo da vida adulta.

Infelizmente, a história teve que ser interrompida por conta do adoecimento de sua autora, Ai Yazawa. Ela já disse em algumas entrevistas que deseja voltar a trabalhar na obra, que está em hiato desde 2009, mas desde então, ainda não confirmou seu retorno. A editora JBC publicou seus atuais 21 volumes pela primeira vez entre 2008 e 2010, e anunciou a reimpressão em junho de 2022, que está em andamento como sexto volume.


Fruits-basket
Foto: Reprodução
  • Fruits Basket

A história gira em torno de Tohru Honda, uma jovem colegial que acabou de perder sua mãe devido a uma tragédia repentina. Com a casa de seu avô em reforma e ainda sem dinheiro para se sustentar, ela decide se mudar para uma barraca no meio do mato. Lá, ela acaba conhecendo três integrantes da Família Sohma, assolada por uma maldição onde se transformam em animais do zodíaco chinês ao abraçar pessoas do sexo oposto ou em momentos de fraqueza.

O que pode parecer apenas um romance colegial genérico, é, na verdade, uma aula sobre inteligência emocional e empatia com o próximo. A protagonista exala gentileza até com quem não merece, além de ajudar e criar laços não só com os três, mas com todos os 13 membros amaldiçoados dessa “grande família”.

A obra de Natsuki Takaya foi publicada no Japão entre 1998 e 2006, sendo relançada em diversos formatos ao longo dos anos. No Brasil, a editora JBC publica, desde 2019, uma edição de luxo que será completada no 12° volume.


Wotakoi-2
Foto: Reprodução
  • Wotakoi: O Amor é Difícil para Otakus

Narumi e Hirotaka são amigos de infância que acabam se reencontrando na empresa onde trabalham. Ela é uma fã obcecada por mangás e animes, e ele um gamer que só deixa os jogos de lado para ir trabalhar. Após Narumi reclamar sobre sua desastrosa vida amorosa, Hirotaka se oferece para ser seu namorado, situação que dá início a um romance improvável entre dois nerds.

Wotakoi é uma história leve e divertida, que foca no relacionamento entre quatro colegas de trabalho que compartilham dos mesmos gostos. Além do casal principal, também há Koyanagi e Kabakura, que servem muitas risadas com suas expressões exageradas.

A obra de Fujita começou a ser publicada em formato físico no Japão em 2015 e em 2019 no Brasil pela editora Panini, completa em 11 volumes.

Descubra mais sobre Entre Séries

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading