Especial | Disney celebra Princesas em semana especial

Intitulada de Semana Mundial das Princesas, celebração acontece desde o dia 21 de agosto e termina no dia 29 deste mês.

Especial Princesas
Foto: Reprodução

A Disney está celebrando desde o dia 21 até o dia 29 de agosto, a Semana Mundial das Princesas, onde enaltece as histórias de suas personagens. Além disso, neste ano também acontecem estreias, conteúdos especiais no Disney+ e em suas plataformas digitais, programação temática no Disney Channel, experiências ao vivo e produtos incríveis em lojas físicas e em e-commerce (confira).

As Princesas da Disney começaram logo em 1937, com o lançamento de Branca de Neve e os Sete Anões, passando pela Era de Ouro (1937-1942), Era de Prata (1950-1959), o Renascimento (1989-1999) e, agora, estão na Era do Revival(2010-presente).

Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

Primeiro filme do The Walt Disney Studios, o projeto é inspirado em conto-de-fadas homônimo. O enredo é centrado em uma jovem perseguida por sua madrasta, a Rainha Má, e acolhida por sete anões mineradores na floresta.

A princesa ganhará versão live-action em março de 2024, com Rachel Zegler como a protagonista e Gal Gadot atuando como a Rainha Má.


Cinderela (1950)

A clássica história de gata-borralheira ganhou os cinemas mundiais em 1950. O enredo é centrado em uma jovem que, após o falecimento do pai, se torna empregada da madrasta e suas filhas. Quando um baile se aproxima, e seu vestido é desfigurado, ela recebe de sua fada-madrinha e chega ao baile, encantando o príncipe (que busca de uma noiva). Porém, ela só pode ficar até meia-noite no palácio – antes que tudo se transforme novamente.

Desde ontem, 25 de agosto, chegou ao Disney+ a versão restaurada do filme animado, também em celebração aos 100 anos do estúdio.

Cinderela ganhou versão live-action em 2015, estrelado por Lily James, Richard Madden, Cate Blanchett e Helena Bonham Carter.


A Bela Adormecida (1959)

Conhecida por ser a princesa com o menor número de falas, A Bela Adormecida é focada em Aurora que, quando bebê, é amaldiçoada por Malévola. Seus pais, o Rei e a Rainha, queimam todas as rocas de tear do reino e a enviam para morar com três fadas (Flora, Fauna e Primavera). Quinze anos depois, ela recebe a notícia sobre sua verdadeira identidade e precisa conhecer seus pais. O que não contavam, porém, é que a maldição se realizaria – e todos do reino caem em sono profundo até o beijo do amor verdadeiro despertar a jovem Aurora.

Elle Fanning interpretou a princesa em Malévola (2014) e Malévola: Dona do Mal (2019).


A Pequena Sereia (1989)

Em A Pequena Sereia, a jovem Ariel (uma das sete filhas do Rei Tritão) se encanta pelo mundo humano e se apaixona por Eric. Após resgatá-lo de um naufrágio, desobedecendo uma ordem do pai, faz um acordo com Úrsula, a bruxa do mar, para conhecer a terra firme – perdendo sua voz no processo.

A versão live-action do filme chegou em maio aos cinemas mundiais, com Halle Bailey e Jonah Hauer-King como protagonistas. O longa-metragem chega em 6 de setembro ao catálogo do Disney+.


A Bela e a Fera (1991)

Com A Bela e a Fera, pela primeira vez um longa-metragem animado foi indicado a categoria de Melhor Filme no Oscar. O enredo é centrado em jovem do interior, considerada diferente pelos aldeões, que faz um acordo com a Fera (príncipe amaldiçoado por uma bruxa) para deixar seu pai retornar para casa e ela ficar como sua prisioneira.

Emma Watson interpretou a princesa em versão live-action lançada em 2017 nos cinemas.


Aladdin (1992)

Apesar de não ter nome (ou título) da princesa em seu nome, Aladdin traz Jasmine como co-protagonista. Pressionada por seu pai, o Sultão, para casar, a jovem acaba se apaixonando pelo ladrão órfão das ruas de Agarabah, quando ele se passa pelo Príncipe Ali na tentativa de conquistá-la.

Naomi Scott viveu a personagem no live-action lançado em 2019, ganhando canção inédita para interpretar as angústias da princesa.


Pocahontas (1995)

Inspirado em nativa-estadunidense real, o filme é centrada na filha do chefe de uma tribo nativa dos Estados Unidos e seu contato com colonizadores ingleses. O filme animado mostra seu embate contra o cruel Ratcliffe e seu encantamento pelo Capitão John Smith.


Mulan (1998)

Inspirado em conto chinês, Mulan é centrada em jovem que, para evitar que o pai idoso vá para guerra enfrentar os Hunos, se disfarça de homem para ir em seu lugar. O conto ganhou versão live-action lançado em dezembro de 2020, diretamente no catálogo do Disney+, devido à pandemia de covid-19.


A Princesa e o Sapo (2009)

Primeira princesa negra e trabalhadora da Disney, Tiana mora em Nova Orleans e, durante uma celebração na cidade, acaba beijando o príncipe Naveen (transformado em sapo por um nefasto feiticeiro) e vira uma sapa – correndo contra o tempo para virar humana novamente.


Enrolados (2010)

O filme animado é inspirado no conto de Rapunzel, a jovem presa em uma torre com seu cabelo quilométrico. No enredo, ela foi criada como filha de Gothel e isolada de todos em sua torre, sabendo apenas que seus cabelos são mágicos. Quando um ladrão invade seu cantinho, faz um trato que ele a levará para o mundo exterior e conhecer um evento que sonha em presencial.


Valente (2012)

Inspirada nas terras escocesas, o filme animado segue a história de Merida e sua busca pela independência. Desafiando uma antiga tradição, precisará usar todas suas habilidades e recursos para desfazer uma maldição – descobrindo o verdadeiro significado de valentia no processo.


Frozen (2013)

Pela primeira vez, a Disney trouxe duas princesas como protagonistas. As irmãs Elsa e Anna precisam buscar o verdadeiro significado de irmandade e, em Frozen 2 (2019), procuram reencontrar suas origens para unir reinos.


Moana (2016)

Inspirado nas Ilhas da Polinésia, o filme é centrado na filha do chefe da ilha que desafia o oceano para salvar seu povo. Ela se aventura ao lado do deus Maui (dublado por Dwayne Johnson no original). O longa-metragem traz canções originais de Lin-Manuel Miranda.


Raya e o Último Dragão (2021)

A última princesa a ser apresentada para o público, é Raya. Ambientado no reino fictício de Kumandra, há muitos anos, dragões e humanos viviam em harmonia. Mas uma força sobrenatural sombria fez com que os dragões acabassem dizimados. Quinhentos anos depois, a ameaça retorna e Raya precisa buscar o lendário último dragão e salvar seu povo.


O Disney+ também lançou no último dia 18 de agosto, LEGO Disney Princesa: Aventura no Castelo, especial que segue Tiana, Moana, Branca de Neve, Rapunzel e Ariel transportadas para um castelo misterioso, com Gastão como vilão principal.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Descubra mais sobre Entre Séries

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading