Críticas | As Aventuras de Poliana – O Filme

“As Aventuras de Poliana – O Filme” estreia em 30 de novembro nos cinemas brasileiros.

Foto: Reprodução

Exibida entre os anos de 2018 e 2020 pelo SBT, a novela “As Aventuras de Poliana” gerou um sucesso significativo entre o público infantil. A história é adaptada do best-seller Pollyana, escrito por Eleanor H. Porter, e foca na história de uma jovem gentil e otimista que sempre tenta tirar algo de bom das situações em sua vida.

Após a última aparição da personagem em “Poliana Moça”, continuação que segue sua adolescência, o enredo retorna, novamente, através da Warner Bros. Pictures com figuras populares da história, trazendo uma trama mais amadurecida daquela que já era conhecida anteriormente.

O cenário atual se passa em um hotel de luxo, ambiente onde Poliana (Sophia Valverde) vai trabalhar nas férias para convencer seu pai de que é responsável o suficiente para fazer faculdade no exterior. Junto dela, seus amigos João (Igor Jansen), Kessya (Duda Pimenta) e Luigi (Enzo Krieger) partem para essa viagem com o objetivo de ajudá-la e também de se divertirem no processo. Infelizmente, as coisas não saem como o esperado, pois há pessoas e situações desagradáveis que os impedem de curtir o momento da maneira que imaginavam.

De um modo geral, a abordagem de pautas relevantes é feita de maneira leve. Considerando toda a trajetória da personagem na novela, o filme consegue conversar com o público majoritariamente infantil de uma forma convincente. Há discussões acerca da preservação do meio-ambiente, do avanço no relacionamento amoroso dos protagonistas e da ingenuidade que Poliana, muitas vezes, alimenta dentro de si. O famoso “Jogo do Contente”, que consiste em uma prática onde ela extrai o que há de melhor no dia a dia, é criticada em algumas cenas. Fazer escolhas e agir de forma racional visando o bem maior daqueles que estão sofrendo em determinado momento, às vezes, é mais importante do que tentar entender todos os lados.

A narrativa é toda baseada na ideia de que o grupo principal já atingiu a maioridade, e precisa agir como tal. A única parte que realmente deixa a desejar é a final, onde não há o aprofundamento necessário de um sonho que a protagonista almejava desde o início. No mais, o longa-metragem cumpre o papel de agradar seu público-alvo.

As Aventuras de Poliana O Filme estreia em 30 de novembro nos cinemas brasileiros.

Nota:
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Descubra mais sobre Entre Séries

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading