Críticas | A Freira 2

“A Freira 2” estreou hoje, 7 de setembro, nos cinemas brasileiros.

a freira 2 críticas
Taissa Farmiga retorna em “A Freira 2”. (Foto: Reprodução)

A franquia Invocação do Mal é, sem dúvidas, uma das mais bem sucedidas da história do cinema. Além de explorar casos envolvendo o casal Warren, os longas-metragens se destacam pelas narrativas que saem desse âmbito familiar, e mostrando outras lendas e mitologias que se encaixam na franquia.

Um desses projetos que expandem todo o universo é A Freira, cujo primeiro filme foi lançado em 2018. Em sua sequência, a Irmã Irene (Taissa Farmiga) agora irá encarar Valak em um internato na França, quatro anos após os acontecimentos do primeiro longa-metragem. Com uma mitologia mais aprofundada dentro dos simbolismos da Igreja Católica, o filme tenta ganhar mais espaço dentro da longa cronologia da franquia.

Com 110 minutos de duração, A Freira 2 está bem longe de ser um dos melhores projetos da franquia. São poucos os momentos que realmente alimentam a tensão e que se transformam em susto verdadeiro, com uma previsibilidade que rodeia boa parte dos filmes do gênero da atualidade. Porém, o filme deseja explorar o que pode ganhar destaque em próximos longas-metragens ou até mesmo na série de TV em desenvolvimento pela HBO Max.

Michael Chavez sabe com o que trabalhar dentro dessa mitologia, explorando simbolismos e outros detalhes nessa jornada europeia que precede qualquer envolvimento dos Warren. Farmiga carrega parte do enredo, que poderia acelerar alguns passos, enquanto Jonas Bloquet e Anna Popplewell mostram uma química em suas cenas dentro do internato e Storm Reid explora novos lados de sua atuação.

Entretanto, a demora de chegarem ao objetivo, perde totalmente o impacto que poderia causar com os símbolos da Igreja Católica. Mesmo com um momento de terror interessante, com uma maquiagem e simbolismo apurado, o filme deixa que seu ápice se torne cansativo narrativamente, onde a sensação final é de “até que enfim”.

No fim, A Freira 2 é o desejo de expandir a franquia e continuar a falar sobre Valak e sua mitologia peculiar. Talvez aconteça um novo filme, mas, assim como sequências de Annabelle, não seja necessária – ganhando mais reações negativas dentro da franquia e não trazendo nada de novo.

A Freira 2 estreou hoje, 7 de setembro, nos cinemas brasileiros.

Nota:
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Descubra mais sobre Entre Séries

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading