Resenhas | Titans – 1ª Temporada

Série da DC Universe torna-se uma das melhores produções da editora.

Com a segunda temporada garantida, "Titans" se permitiu arriscar.
    Com a segunda temporada garantida, “Titans” se permitiu arriscar.

    Como primeira produção da DC Universe, Titans é uma versão mais sombria das histórias dos Jovens Titãs. A série aproveitou o espaço e criou lugar para crescimento de personagens quase desconhecidos do público.

    O elenco formado por Brenton Thwaites, Anna Diop, Teagan Croft e Ryan Potter é bem entrosado. Com Dick Grayson sendo o principal protagonista (afinal, é a história dele sem o Batman), o quarteto possui química e atiça a curiosidade sobre como vão se tornar o grupo. Destaque para a Anna, intérprete de Estelar, que sabe aproveitar suas cenas.

    Outro ponto positivo na narrativa de Titans é trazer personagens quase desconhecidos do público geral (Columba e Rapina; Patrulha do Destino) e fazer da série um espaço para possíveis séries. Donna Troy também é destaque por começar a introduzir outros ajudantes dos heróis.

    Mesmo que seja considerado equivocado para alguns fãs, o final faz sentido para uma série que já garantiu segunda temporada (e que permite brincar com um vilão que está presente desde o começo).

    Até mesmo a omissão ao rosto de Batman/Bruce Wayne é algo impecável para Titans. Assim como a introdução do personagem após os créditos finais do décimo primeiro episódio, onde se criou uma expectativa as possibilidades.

    É possível que Titans esteja criando sua própria mitologia, seu próprio trajeto para não se assemelhar tanto as animações feitas ao longo dos anos. Isso é compreensível e podemos ver o quanto se preocupam com uma narrativa, sem precisar de apoiar tanto em nomes consagrados.

    Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    %d blogueiros gostam disto: