Resenhas | Scream Queens – 2° temporada

Série ainda cria situações bizarras e não deslancha o tanto que poderia.

A série mostrou um potencial de satizirar os filmes de horror, como franquias do tipo Todo Mundo em Pânico. Entretanto, por mais que o bizarro, trash e fora do comum que fosse, algo sempre era fora do tom.
A série mostrou um potencial de satizirar os filmes de horror, como franquias do tipo Todo Mundo em Pânico. Entretanto, por mais que o bizarro, trash e fora do comum que fosse, algo sempre era fora do tom.

 

Ryan Murphy e sua equipe são extremamente talentosos e criativos. Isso sabemos desde que Não/Tuck invadiu a TV americana em 2005. Porém, algo deu errado com Scream Queens.

A série mostrou um potencial de satizirar os filmes de horror, como franquias do tipo Todo Mundo em Pânico. Entretanto, por mais que o bizarro, trash e fora do comum que fosse, algo sempre era fora do tom.

O segundo ano aconteceu alguns anos após a primeira temporada. Jamie Lee Curtis continuou fantástica e sabendo lidar com as maluquices que sua personagem exigiu. Lea Michele consegue mostrar a loucura de Heaster, Emma Roberts ainda exibe a personagem irritante. A adição de Taylor Lautner e John Stamos serviu apenas para atrair atenção.

Apesar de bons arcos, a série não decola. Não sai do lugar e, acredito, que se o plano dá primeira temporada fosse seguido (que apenas quatro personagens sobreviveriam e algo como antologia aconteceria) seria algo mais interessante. KeKe Palmer e Niecy Nash possuem talento desperdiçado, por exemplo.

Os vilões são repetitivos e cansativos. Filho vigantivo, irmã vingativa e pai vingativo não saem da mesmice, criando poucas reviravoltas realmente incríveis de assistir – e que sabemos que Ryan Murphy e co. conseguem.

Caso seja renovada (o episódio final repetiu parte do final apresentado na primeira temporada), a série irá precisar entender o que quer. Não adiantas criar tensões, ter personagens que beiram entre o amor e ódio e assassinatos que choquem, se não souber compreender o que deseja ser. Do contrário, irá perder bem mais do que já acontece.

 

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: