Anúncios

Resenhas | O Escolhido – Primeiras Impressões

Produção brasileira da Netflix explora sobre o conceito de imortalidade.

Paloma Bernardi é uma das protagonistas da série.

A nova produção brasileira da Netflix tentará explicar um pouco sobre o conceito de imortalidade. O Escolhido, que chega nesta sexta-feira, 28 de junho, na plataforma, mostra também o embate entre ciência e religião.

Baseada na série mexicana Niño Santo, O Escolhido conta a história de três médicos que viajam até Águazul, uma aldeia no Pantanal, para vacinar moradores contra uma nova mutação do vírus Zika. Lá, eles acabam imersos em segredos, já que os moradores são devotos a um líder misterioso, que tem o dom de curar doenças de forma sobrenatural.

Envolto em folclore brasileiro e local, Carolina Munhóz e Raphael Draccon fazem um excelente trabalho em enaltecer essas peculiaridades
dentro da produção. Explorado com o lado sobrenatural, O Escolhido consegue se destacar por mostrar algo próximo aos nossos conhecimentos.

Além disso, a dupla de autores também conseguem desenvolver bem características dos personagens principais. Seja Lúcia (Paloma Bernardi), Enzo (Guto Szuster) ou Damião (Pedro Caetano), os três conseguem ter suas próprias histórias, ajudado, principalmente, pelo uso de flashbacks em momentos chaves.

Dando vida ao personagem-título da série, Renan Tenca brilha ao mostrar o místico dentro do projeto. Ali, os conceitos sobre devoção religiosa também é explorado de maneira próxima ao que sabemos e vemos quase diariamente. O Escolhido busca esse questionamento sobre até que ponto devemos crer em algo – ou alguém – e nos deixar guiar somente pelo que diz.

O elenco de apoio suporta essa ideia. Tina Dwek, Alli Willow, Mariano Martins, Francisco Gaspar, Kiko Vianello, Aury Porto e Lourinelson Vladmir ajudam a fazer da série algo interessante. O uso, também, de pessoas locais como figurantes fazem diferença em criar a atmosfera de um vilarejo tão estranho.

Precisa destacar também a fotografia. Imagens belíssimas do Pantanal, do Tocantins e da flora e fauna brasileira são mostradas para explorar nossa bio-diversidade.

O Escolhido abre novas portas para a produção audiovisual do Brasil. O sobrenatural e o místico ficam juntos para questionar fé e ciência, além de nossas próprias ações.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: