Anúncios

Resenhas | Euphoria – 1ª temporada

Apresentada como uma versão cruel da vida adolescente, “Euphoria” se tornou uma grande história de amor.

Hunter Schafner e Zendaya foram destaques da série.

É difícil conseguir categorizar Euphoria.

Baseada em uma série israelense de mesmo nome e inspirada na vida de Sam Levinson, criador, roteirista e diretor do projeto, Euphoria mostrou como adolescentes são cruéis com os outros e consigo mesmos.

A produção da HBO foi um soco no estômago e no cérebro para retratar a transição de gênero, o desapontamento e a pressão parental, a depressão, a ansiedade, a gravidez adolescente, descoberta da sexualidade e outros assuntos. Os enredos poderosos foram direcionados a um público ainda em amadurecimento e que talvez não esteja pronta para assimilar tudo o que foi discutido em cena.

Um elenco jovem foi o grande destaque. A dupla formada por Zendaya e Hunter Schfner, por exemplo, foi excepcional. O relacionamento entre Rue e Jules virou um grande conto de amor, seja a amizade ou o flerte entre as garotas.

Jacob Elordi, Alexa Dammie, Sydney Sweeney, Barbie Ferreira e Maude Apatow também brilham nos oito episódios. Com uma direção e um roteiro preciso, o elenco se destacou por saber aproveitar suas cenas e tê-las em mãos para mostrar os personagens de forma crua e em processo destrutivo.

Cinematografia, trilha sonora e a iluminação também foram o ponto forte. Até mesmo a maquiagem era cuidadosa para ter um propósito. Levinson e a equipe da HBO mostraram que pensaram em detalhes que não são explorados em produções contemporâneas e ter uma relevância social.

Com ou sem a glamourização de vícios, Euphoria quis trazer o retrato de uma geração que se mutila para buscar plenitude emocional e que não deseja fracassar ou perder.

No fim, a série busca mostrar além da imperfeição e da aparência, apresentando de maneira cruel como tudo facilmente esvai.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: