Anúncios

Netflix está sendo processada por frase associada à ‘Black Mirror: Bandersnatch’

Editora de livros infantis acusa plataforma de infringir sua marca comercial.

Episódio foi lançado em 28 de desembro.

Segundo informações da Deadline, a Netflix está sendo processada por uma editora de livros infantis por infringir o uso da frase “Choose Your Own Adventure“.

No processo, a editora Chooseco diz que vendeu mais de 265 milhões de cópias dos livros populares Choose Your Own Adventure, onde as decisões do leitores influenciam na narrativa do enredo e do que acontecerá. A companhia usa a nostalgia da infância para atrair seu público – que está entre os vinte e trinta anos.

Para a editora (localizada no estado de Vermont), a Netflix infringiu o uso da sua marca com o episódio Black Mirro: Bandersnatch, onde um jovem programador cria um jogo de computador inspirado em um livro que ganhou na infância.

Além disso, Chooseco diz que registrou o uso da frase em conexão com filmes, livros e outras formas de mídia, sendo que a 20th Century Fox está com os direitos de desenvolver longas-metragens baseados nos livros de Choose Your Own Adventure.

De acordo com o processo, a Netflix entrou em negociação com a Chooseco em 2016 para licenciar a frase. Porém, a plataforma de streaming não está com essa licenciatura. Para a editora, a Netflix utiliza intencionalmente a frase para se beneficiar com as associações positivas da marca por adultos que leram a série de livros quando jovens.

Além disso, a editora afirma que o uso do termo está criando uma confusão com o consumidor e prejudicando a marca. Ao todo, a Chooseco pede uma indenização de US$ 25 milhões.

Black Mirror: Banderstach estreou em 28 de dezembro pela Netflix.

Anúncios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: