Dicas | The Cave

Indicado ao Oscar, documentário é uma produção do National Geographic.

    Documentário será exibido hoje (3) pelo canal.

    A falta de palavras para conseguir expressar o sentimento ao assistir The Cave, é genuíno. O documentário do National Geographic, que concorre ao Oscar deste ano, consegue transmitir aflição, impotência e, no mínimo, raiva pela situação.

    The Cave conta, como primeiro plano, a trajetória da médica Amani Ballour em Ghouta, na Síria, cidade que está em estado de sítio pela guerra civil instaurada no país do Oriente Médio. Amani, ao lado de uma equipe médica, instalaram um hospital subterrâneo dentro da cidade – para ficar o mais longe possível dos bombardeios.

    Com adversidades (falta de anestesia e bombardeios próximos ao local, por exemplo), a doutora se ergue ao ser uma líder para todos que não quiseram deixar sua cidade e lutar.

    Uma rotina que envolve socorrer crianças atingidas por estilhaços de mísseis, realizar cirurgias emergenciais ao som de música clássica para distrair o paciente e medo, faz de The Cave algo importante para o mundo atual.

    A impotência social (e por saber tão pouco do lugar explorado), também é parte da produção. The Cave mostra o quanto ainda precisamos crescer como sociedade e entender os conflitos – além de ir atrás para que organizações mundiais tragam o mínimo de segurança para esses lugares. Fica óbvio, por exemplo, como a manipulação de Rússia e Estados Unidos funcionam em guerras patrocinadas.

    O documentário foi realizado para mexer com o emocional do espectador, mostrando a realidade sombria de pessoas que pretendem escapar e ser livre de um poder autocrático.

    The Cave será exibido hoje, 3 de fevereiro, às 21h, pelo NatGeo.

    Deixe seu comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    %d blogueiros gostam disto: