fbpx

Críticas | A Família Addams 2: Pé na Estrada

“A Família Addams 2: Pé na Estrada” estreia nesta quinta-feira, 28 de outubro, nos cinemas brasileiros.

Filme é dirigido por Greg Tiernan, Conrad Vernon e Laura Brousseau. (Foto: Reprodução)

A Família Addams está presente no imaginário do brasileiro há algumas décadas. Seja pela série de televisão ou pelos filmes da década de 1990, a família criada por Charles Addams consegue se reinventar para as diferentes gerações e trazer a mesma temática constantemente.

Com o sucesso de A Família Addams (2019), era inevitável sua continuação. Desta vez, a família liderada por Gomez e Mortícia decidem ir explorar os Estados Unidos, em busca de reaproximação com Wandinha, que está questionando seu pertencimento à família. Cheio de piadas que remetem à cultura pop – e um momento musical sensacional -, A Família Addams 2: Pé na Estrada decide mostrar o valor e o sentido de família.

Dirigido por Greg Tiernan, Conrad Vernon e Laura Brousseau, o filme animado tem seus problemas como qualquer outro projeto. Talvez o roteiro precisasse de mais uma revisão, mas, no fim do dia, o filme é dedicado para as crianças que devem gostar dessa nova versão dos personagens.

O longa-metragem animado não será memorável em tantas questões, mas será daqueles feel good, ou que serão reprisados sempre, para continuar a propagar a mensagem de Charles Addams desde 1938 sobre família e abraçar as peculiaridades de cada indivíduo presente.

A Família Addams 2: Pé na Estrada estreia nesta quinta-feira, 28 de outubro, nos cinemas brasileiros.

Assine nossa newsletler e compartilhe nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *