fbpx

Críticas | Halloween Kills – O Terror Continua

“Halloween Kills – O Terror Continua” estreia nesta quinta-feira, 14 de outubro, nos cinemas brasileiros.

Filme é dirigido por David Gordon Green. (Foto: Reprodução)

A saga Halloween não é desconhecida pelo público. O primeiro filme da franquia foi lançado 1978 e, desde então, vem ganhando fãs e contando a história de Michael Myers e os cidadãos de Haddonfield, Illinóis.

Halloween Kills – O Terror Continua é a sequência direta do filme lançado em 2018 – que é sequência do filme original, ignorando parte dos longa-metragens realizados desde então. Como mostrado na cena pós-créditos da película de quatro anos atrás, Michael Myers sobrevive ao incêndio iniciado por Laurie (Jamie Lee Curtis), sua filha (Judy Greer) e neta (Andi Matichak). Agora, ele continua a aterrorizar a cidade em que cresceu, sem importar quem esteja no caminho.

Em quase duas horas de filme, Halloween Kills – O Terror Continua não economiza nas cenas sangrentas e perturbadoras. O longa-metragem também explora os eventos de 40 anos atrás na cidade, e como seus cidadãos estão à beira de nervos para confrontar o assassino – mesmo que signifique enfrentar a própria polícia para deter Myers.

O segundo filme da nova trilogia, entretanto, é decepcionante. Não há um enredo base, apenas uma série de cenas sangrentas e trazer o exército de um homem-só como invencível. Dirigido por David Gordon Green, Halloween Kills – O Terror Continua parece apenas ser um capítulo solto para entregar algo memorável em Halloween Ends, previsto para 2022.

Com easter-eggs e presença de atores conhecidos da franquia, o filme é apenas mais um filme que utiliza o gore para fingir ser realmente assustador.

Halloween Kills – O Terror Continua estreia amanhã, 14 de outubro, nos cinemas brasileiros.

Assine nossa newsletler e compartilhe nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *