fbpx

Críticas | Luca

Filme estreou em 18 de junho pelo Disney+.

Filme é dirigido por Enrico Casarosa. (Foto: Reprodução)

Luca, o novo filme da Pixar lançado diretamente no Disney+, é daqueles filmes que hipnotizam por sua beleza. Com uma mensagem simples sobre amizade, o filme dirigido por Enrico Casarosa se destaca por seus visuais da Riviera italiana e sobre o misticismo sobre monstros marinhos.

Lembrando o início de “A Pequena Sereia” e sua coleção de objetos, Luca e Alberto, os protagonistas dos longa-metragem animado, ao lado de Giulia, são os guias do enredo corriqueiro da Pixar. Dentro da narrativa, são os embelezadores de uma película que poderá ser esquecível como “Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica” e “O Bom Dinossauro” (dois filmes belíssimos, mas esquecidos pela audiência).

Entretanto, Luca possui uma familiaridade que engrandece todo seu objetivo. A inocência e ingenuidade do personagem-título são aparentes, e suas descobertas se tornam grandiosas, empolgantes para o público. O contraste de suas amizades também são interessantes, mostrando que há poderes de relacionamentos diferentes entre amigos. Ali, encontramos diferentes maneiras de se apaixonar pelo menino.

Desde o vilarejo italiano, até os detalhes marinhos, impressionam por sua beleza. É fácil se perder nos detalhes deixados pelos responsáveis e se dedicar a memorizar cada minúcia. Tudo complementa o enredo do 24º filme da Pixar.

Luca estreou em 18 de junho no Disney+, e está disponível para todos os usuários da plataforma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *