fbpx

Críticas | Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio

Filme estreia nesta quinta-feira, 3 de junho, nos cinemas.

Filme é dirigido por Michael Chaves. (Foto: Reprodução)

Invocação do Mal 3 – A Origem do Demônio, oitavo filme do universo homônimo, não se preza pelos sustos. Baseado em mais uma história envolvendo o casal Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga), o filme dirigido por Michael Chaves se estabelece em um terreno espinhoso e, definitivamente, mais prazeroso.

Desta vez, o casal de caçadores do paranormal, precisa investigar ligações mais concretas em uma situação adversa. Com uma missão difícil, Ed e Lorraine – dos filmes – se inserem no mundo investigativo para quebrar possíveis maldições.

Apesar de ser baseado em uma história verdadeira, Invocação do Mal 3 – A Origem do Demônio utiliza o caso de Arne Johnson apenas como pano de fundo dos acontecimentos. A narrativa do filme envolve algo macabro, sombrio e, mesmo com sustos menores, possibilita uma nova etapa para a franquia.

Em quase 120 minutos de filme, um dos focos, por exemplo, é a história de amor entre Ed e Lorraine – e sua força. Inclusive, é a razão de uma atmosfera mais leve envolvendo o longa-metragem – mas que continua aterrorizante em medidas certas.

O filme continua envolvente, com momentos de suspense e com jump scare necessários para o gênero. Invocação do Mal 3 – A Origem do Demônio poderá ser um novo “queridinho” do público por sua narrativa e como poderá transformar a saga criada por James Wan – que retorna como um dos roteiristas do longa-metragem.

Invocação do Mal 3 – A Origem do Demônio estreia em 3 de junho nos cinemas.

Avaliação: 3.5 de 5.

Assine nossa newsletler e compartilhe nas redes sociais.

Ana Guedes

Ana Guedes

Assistir série de TV é uma religião desde 2006, quando "Charmed", "House" e "CSI" entraram na vida. Adoradora do cinema, dos livros e do mundo geek. Jornalista formanda em 2015.

Comentários